Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

Injeção de Medicina: uma fábrica de doenças.

medicina.jpg

   Um daqueles professores que ficam na memória dizia-nos, sem qualquer ar de gravidade, que tudo o que o que é demais  parece mal! A pouco e pouco, nas aulas, e já com o passar largo dos anos, descobrimos nesse homem uma daquelas almas que vão algo mais longe que as outras, ou que têm a capacidade de ver com nitidez onde outros vêm nada. Não apontamos para seja o que for de místico, nesse homem, apenas para a complexa "experiência de vida" que tinha, aliada à perspicácia e à curiosidade. Há quem tenha olhos e alma de lince, enquanto outros usam óculos "fundo de garrafa" e vivem todo o tempo distraídos!

   E quantas vezes damos por nós a ver revisitados, através das mais mundanas cenas, encravadas teimosamente na esfera do dia a dia, os pacatos mas, ao mesmo tempo, agudos ensinamentos que imensas vezes nos eram oferecidos naquelas aulas, pelo nosso professor!? Por mais que não quiséssemos, acabaríamos por admirar o homem!

   Um destes dias ficou-se a saber, pela comunicação social, (como se já não soubéssemos!) que os portugueses engolem milhões e milhões de comprimidos diariamente. Que temos a paradoxal tendência para ficarmos à mercê das doenças, na era da medicina ultra-avançada (paradoxo!), também já tínhamos ouvido falar!

   Mas andamos assim tão doentes, mesmo? A precisar de médicos e curas em qualquer cruzar de esquina? Ou há uma fábrica "clínica" que distribui medos como quem distribui chocolates no natal? Consta que consumimos remédios e medicinas como nunca e que as crianças - imagine-se!- são um dos grandes clientes! Milhões de comprimidos para ficar quieto, para conseguir resultados escolares, para fugir à depressão, ao fracasso, segurar a barra - tanto dos que tomam como dos que tomam conta dos que tomam!

   Há quarenta anos, os negócios eram na feira! Hoje, a saúde virou uma feira de negócios! Na televisão, no consultório, no bloco operatório, nas clínicas privadas, na farmácia... nas salas das creches, infantários, escolas e colégios. Laboratórios, indústria, médicos, comerciantes, promotores, agentes...na verdade,quando se está doente, está-se doente, pronto!! Quando não se está, convém que se faça acreditar que se está, qual efeito placebo, só que ao contrário! Há remédio para tudo!

   Pais medrosos como nunca, a correr com os filhos e a encher os consultórios por dá cá aquela coisa que me parece ser uma constipação!  Ó da guarda!! O puto anda com ranhoca no nariz! Uma borbulha é um terror cósmico - dá pesquisa no Google à procura de vinte pomadas, nove consultas de especialidade, terapias alternativas, apuncuntura e despesa com medicamentos até acabar o ordenado! Uma unha encravada merece o pânico de uma doença crónica.

   Que nem se fale, sequer, dos serviços médicos de "cosmética"que colocam a vida em risco, em variados momentos! Essa ainda é mais uma guerra adicional. E os casos públicos que não são resolvidos em dois anos por vinte euros mas que o são em dois dias por mil, em privado? Calar a boca!

   De que doenças reais padece o povo? E o que as causa? Os hábitos de vida têm toda a culpa ou parte dela? Por que se trata, tantas vezes, tão mal quem precisa de cuidados reais e urgentes  e por que motivo dá tanto "jeito" que quem está saudável se sinta assustado e fragilizado? Quando é que nos servem ajuda e quando é que nos servem banha da cobra?

   Tudo aquilo que é demais parece mal... e faz mal... até a própria cura!

Papagaio

  

  

E o Óscar Vai...direitinho para... Moonlight! (Ai! Ai! Land!) II

   

oscar.jpg

   E depois? Enganaram-se a  entregar o cartão certo!  Que comédia! Adoro estas comédias... pelo sal que trazem...

   Lança-se uma simples questão, que é a mais pertinente de todas: - e se o cartão trocado dissesse "Moonlight" e se viesse a verificar que o vencedor era " La La Land"?  Alguém quereria saber? Alguém choraria por "Moonlight"? Haveria tanta indignação? Seria a polémica tão comentada? Grandes dúvidas...

   A verdade é que toda a gente esperava que fosse o musical a ganhar, muita gente queria e exigia que fosse o musical, efetivamente, a ganhar...saiu o tiro pela culatra! A quem trocou os cartões... e a quem julga que o mundo tem de acontecer à sua medida!

   A meu ver, o musical não sai perdedor - seis óscares não dão direito a essa sentença! Para mais, "La La Land" ficará na história do cinema, como o maior mártir da 7ª Arte... prémio que duvido, contudo, que mereça!

Papagaio

E o Óscar vai... direitinho à Tola de Trump!...(Ai!Ai! Land).

trump lala land.jpg

   Donald adora a cerimónia das estatuetas. Ele próprio, enquanto crítico amador da 7ª Arte, nunca escondeu o desejo de apresentar,  by himself, o Show - apenas que, ao tornar-se em controverso Chefe de Estado, terá seguramente empenhado as hipóteses fantasiadas em participar no festival. Isto acontecerá em corpo, porque em espírito Dodó estará sempre na fila da frente!

   Esta noite, o Óscar para melhor interpretação irá para quem primeiro se debruçar sobre o  microfone e achincalhar com mais estilo e agressividade Donald Trump, o que fica sempre bem numa manifestação cultural deste nível, diga-se!

   E Donald receberá imensas estatuetas, pelo ar, sem que nenhuma lhe pertença. Infelizmente, e como já antecipamos, o Presidente não deverá estar, então, na cerimónia, caso contrário terá de encarar o festival como quem vai para o SuperBowl - de capacete na cabeça e enchumaços de titânio nas omoplatas! 

   A Academia, à cautela, não insista o magnata em atolar numa das suas monumentais e polémicas birras e decida em aparecer, encomendou uma centena de estatuetas de plástico... bem mais em conta que um internamento nas urgências do Hollywood Medical Center ou que um processo judicial de criar cabelo... ao velho e tradicional estilo norte-americano!

Papagaio

Imprensa Internacional: a Oeste Algo de Novo?

Portugal-em-Coma.jpg

   Gostamos, como qualquer outro povo, de meter o bedelho em tudo, sobretudo naquilo que não tem interesse, nem geral nem particular; olhar para o quintal do vizinho, reparar se lá caiu alguma bomba. Que escândalo! Depois, adoramos narcisicamente que os de fora falem bem, que olhem para nós... como se nos pudéssemos observar ao espelho através dessa produção fílmica exterior, obtendo uma imagem polida e recheada de valor.O nosso quintal é tão bonito!! Não há outro igual! Esperemos que falem dele... se não o fizerem, ficamos a rezar que uma bomba expluda bem aqui no meio, também, para que se note!...o pior mesmo é que ninguém dê por nós!

    Melhor do que saber sobre o que se passa lá fora, é reparar nessa exata surpresa de nos acharmos no meio da pesquisa, como protagonistas ou personagens secundárias - mesmo figurantes - da Roda do Mundo. É importante aparecer. Seja sobre que forma for! E é tão bom que falem - sinal de que somos alguém,nem que seja na desgraça, à falta de melhor!...

   A simpatia com que a imprensa estrangeira brinda o nosso país, no entanto, não se compara com o interesse com que sistematicamente nós próprios nos achamos merecedores. Quem é que fala de nós, hoje? Ninguém! Nada! Bem, a não ser que tenhamos em conta a morte de Mário Soares, que já foi em janeiro... é o que a pesquisa retorna. Ou a vitória da Seleção no Europeu... já foi em julho de 2016!... a polítIca e os políticos portugueses ( em páginas interiores, letra miudinha!)... isso já é desde 2011!... o rating... huumm!... lixo desde 2009! Ah! Os golos de Mitroglou... isso foi ontem... é uma notícia fresca! Mitroglou é que é grego! Conta?

   Francamente: tirando os sapatos, as garrafas de vinho, a moda dos cruzeiros a atracar em Lisboa e certa pastelaria, acho que ninguém dá um pumzinho pela lusitânia!

Papagaio

   

Guião para Atendimento em Cinco Minutos...

 

662.JPG

     Os norte-americanos têm (tinham) o Obamacare... nós temos o Costanãocare.

     O Costanãocare que as consultas nos centros de saúde demorem mais de cinco minutos. E a medida é apoiada por uma parte dos responsáveis dos serviços. É, efetivamente, exagerado pedir mais do que isso!

   Nós não votámos na Geringonça, mas já estamos arrependidos, tal a profusão de excelentes medidas que têm vindo a ser preconizadas, nomeadamente para a saúde!

    O que é que pode ser feito em cinco minutos?

1º- Um filho -  a maior parte dos filhos é feita em menos de cinco minutos, - rapidinho(a)- e sem ninguém saber de nada, mesmo os próprios executantes!

2º- Desfazer-se de um filho - alguns dos pais que fazem filhos em menos de cinco minutos também se desfazem deles em menos de cinco. Normalmente é o tempo de irem estampar com os infelizes nas instituições de acolhimento.

3º - Uma empresa - depois de se ficar à espera duas horas para se ser atendido na Conservatória, quando chega, finalmente, a nossa vez, a empresa aparece em cinco minutos, mais ou menos o mesmo tempo que leva depois a falir, mas esse dado não o vamos incluir aqui!

4º - Rever os objetivos de vida - o caminho até à ponte 25 de abril é que pode, depois, levar mais tempo, por causa do trânsito, e assim...

5º - Tirar a carta de condução - em certas zonas do país, o mais difícil e demorado é o tempo de ir fazer um levantamento ao Multibanco, enquanto o instrutor espera no carro, com as rodas em cima do passeio.

6º - Engenharia civil, ao domingo - sobretudo se a licenciatura fizer parte do plano de estudos e do currículo da Universidade Independente.

7º - Mudar o preço dos terrenos, no Montijo - e também em Alcochete, na OTA, e no deserto ( margem sul)...

8º - Despedir 3500 funcionários - neste particular, aconselha-se a utilização do email. No caso de ser impossível por este meio, por causa da treta das leis e dos direitos, convém utilizar o Facebook.. ou o Twitter.

9º - Dar vários concertos de Jazz - a Antena 1 já provou que é possível fazê-lo, e de forma meritória!

10º - Escrever um post com imensas bacoradas - para isso não é preciso provas, está à frente dos narizes de cada um de nós!

  Não vale a pena, portanto, vir-se chorar que não há decência numa consulta de cinco minutos. Após ficarmos com o rabo quadrado, perante uma manhã inteira  numa sala de espera, é sempre possível curar uma neoplasia em estado avançado em 5 minutos... ou menos! Quanto ao diálogo "médico-paciente" e à sensibilidade pelos sentimentos das pessoas... ISSO É PARA MARIQUINHAS, PÁ!

Papagaio

   

Sapo Blogs: Carinhos, Abraços e Apalpões!

transferir.jpg

   Quais são as diferenças entre um carinho*, um abraço* e um apalpão*? Eis a questão fundamental, sobre a qual nos vemos obrigados a debruçar no dia de hoje (ontem)!...

 Carinho*: por exemplo, a Desconhecida aparece cá na jaula e diz que gostou muito de uma imagem marota noResultado de imagem para carinho  cartoon início de um post (carinho!). Eu replico carinhosamente e grito num comentário que "... a imagem é para maiores de idade, sai já daí Desconhecida, se não vou dizer ao teu pai que andas a ver sites para maiores de 18!...) - acabei, implicitamente, de fazer referência carinhosa à juventude da Desconhecida,... que ela é de tenra idade, por isso mesmo,bela e fresca - isto é um retorno de carinho! Queridos cibernautas, sigam o meu exemplo subtil!

Abraço*: por exemplo,  o Papagaio oferece um serviço de aconselhamento cinco***** no seu blogue, apenas por 50 cêntimos, - isso, só por si já é um abraço! A Maia, por conselhos muito mais impostores do que os do Papagaio, que não valem a ponta dum peido fora da validade, leva o preço de uma chamada de valor acrescentado, mais 50 euros, com direito a relatório!!!... mas não nos alarguemos, que a sodomia não faz parte do tema do post! - dizia, serviço de aconselhamento, pelo que, as Ladys pedem 29521086-A-cartoon-man-having-his-itchy-bum-scratcinformações sobre qual o melhor papel higiénico a usar na casa de banho. Ao que o Papagio responde: "... papel Urtiga, adequado a qualquer rapariga!" Isto é um abraço... pelo menos é do que elas vão precisar se seguirem o conselho do Papagaio!

Apalpão*: por exemplo, o Casal Irrequieto não se contém e apelida o serviço de aconselhamento do Papagaio como sendo uma chulisse! E que o Papagaio é,  à guisa de vocábulo maior, e Resultado de imagem para apalpao nos tomates cartoon passo a citar: " ...um chulo...". Ora, isso é um exemplo de apalpão... só que, no presente caso, e da parte que me toca, é nos meus próprios TOMATES! E com toda a força, bem apertado!

  No que diz respeito aos motivos particulares que me levaram à congeminação supra,...foi só porque me apeteceu ...e porque não tinha mais nada com que ocupar o post. Assim: descalcei uma bota, pus o cérebro em água a quem se dedicou a ler este post de pasquim e  mandei as bocas que quis. Admitam que não há nada mais de tão ordinário por aqui à volta!

Papagaio

 

 

Fazer Sexo ao Morto...

 

the-mushroom.jpg

   Em Portugal, fazer sexo ao vivo (ao ar livre!) é crime! No Brasil, fazer sexo ao vivo é festa! 

   Por isso, no  Brasil, o que é crime é fazer sexo ao morto, porque há que criminalizar qualquer coisa, senão dá-se ar de "mole". "Pinocar", sim... e muito! Mas não de qualquer jeito! Por exemplo, se alguém se atirar para cima duma alma penada,  e não reparar que o espírito já "voou" fazendo-lhe um filho, vai de cana! E paga multa!

   Desta forma, adverte-se a quem vá de viagem ao Brasil... muito cuidado com os "tropeções"! Façam sexo seguro! Para além do preservativo e do gel com sabores, vejam bem onde colocam os pés! Não vão distrair-se e cair em cima de alguém que já não esteja neste mundo! 

Reza o artigo 212 do Código Penal Brasileiro que:

"O presente delito está sujeito à ação penal pública de natureza incondicionada, ou seja, independe da vontade de qualquer pessoa, como por exemplo, um ente da família do morto, para que haja a investigação preliminar e a consequente propositura da ação penal."

"Pena – detenção, de um a três anos, e multa."

Papagaio

 

Quem Fala Assim Não é Ga-a-go!

Cartoon - o ensino em Portugal.jpg

   A descontextualização é do melhor que há! É só tomar nota... cá vai:

 

   Narciso: Levei com dois anos de Kizomba em Angola. Agora venho para aqui e é isto...

   Casal Irrequieto:   Li a tua sinopse a cantar! Terei eu, dentro de mim, um rapper?

   T.: Ele é todo teu... vem buscar! ( 3 vezes!)

   Maria Araújo: Bom dia!(...) tenho pena que não tivesses visto a vizinha jeitosa em trajes menores à janela!

   Mochila: Então, mas são só mulheres a seguir o Heteredoméstico?

   Sónia Quimera: (...) estou para aqui às voltas com um texto que só me apetece partir o teclado ao soco!!!

   Narciso: (...) pelo que leio(...) pensava que os teus textos eram todos escritos sob efeito de algo... sexo!

   Maria Mocha: Nunca iria dizer que um post de vacas me faria rir do princípio ao fim!

   F. Freima: Realmente! Aquilo lá nos Açores deve ter uma erva muito especial...

   B. da Osa: Ai que maravilha! Afinal, o que os homens de Portugal querem...é Amor!... ou outra coisa!

   Mãe dos PP's: Um dia, combino com as Marias e depeno-te!!!!

   Chic'Ana: Como não vi as diferenças na tua gaiola, só tive ordem de soltura à tarde!

   Fashion: Depositam-se os filhos, os velhos e agora os cães!

   Maria: ... é GRANDE! Não é?

   O Último Fecha...: Os filmes pornográficos não precisam de tradução... é uma linguagem universal!

   Cecília: (...)ena!, ainda hoje fiz um post precisamente sobre os virgens!

   Marta Elle: Já experimentaste o resveratrol? Se não quiseres gastar dinheiro...podes sempre chupar umas azedas!

   Mami: ...eu sou artesã, pelo que faço muita coisa à mão.

   Ladys: É verdade, somos nove, mas só algumas é que são ativas no blogue!

   Sónia Quimera: Mesmo do que eu estava a precisar!!!

   Narciso: Sexo? Hum..., venha de lá isso... pois não pesco nada do assunto!

   Maria Mocha: Magnífica ode às mamas!!

   Maria Araújo: Ai cariño, ó si, ó si!

  Desconhecida: AH, AH, AH(..) I LOVE IT!

   Chic'Ana: Mau!!! Hoje chamas-me "Bruxa"?!

   T.: A tua mulher é capaz de gostar de te ouvir cantar...

   Heterodoméstico: O homem parece que canta com uma posta de bacalhau na booooooooca!

 

Papagaio 

P.S. Recuso qualquer observação crítica, uma vez que o "material" não é da minha autoria! LOL

 

Pág. 1/4