Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

Ano Novo... Reator Velho!

   Resultado de imagem para central  nuclear cartoon

   Toda a gente sabe que os castelhanos da extremadura lavam as pilhas do velho reator de Almaraz na corrente do Tejo, numa celha e com sabão Clarim, a montante de Castelo Branco e Portalegre.

   Por isso mesmo, existe uma falsa questão quando os pescadores e a população  de Vila Velha de Ródão se queixam de maus cheiros e de comportamentos esquisitos nos peixes do rio. Há quem diga que já viu alguns de mala aviada, na paragem do Fratel, à espera do expresso para a Covilhã!

   Uma falsa questão, porque não há nada de esquisito no episódio - eu, se fosse peixe, - e não sou, porque sou papagaio! - faria o mesmo e abalava! Não suporto maus cheiros, nem sequer os meus, quando a ementa é mais "poderosa"! Quanto mais cheiro a água-rás, lixívia e sabão macaco! Confere um ar muito lustroso e brilhante à pele, é verdade!, às penas e às escamas, mas fica muito difícil estabelecer relações sociais com quem emana cheiros esquisitos, muito mais conseguir ter relações românticas ou amorosas com um peixe ou um papagaio com falta de "peças" e aspeto de LED intenso! Dá muito nas vistas e não se consegue ter privacidade. Para mais, como os núcleos dos reatores abertos são arrefecidos com água do rio, ninguém gosta de água demasiado quente, porque dá direito a ficar cozido de caldeirada - para mais sendo-se "peixe".

   Tem havido, também, efetivamente, relato de avistamento de milhares de luzes dentro da água, à noite, em certas zonas do Tejo  alentejano e ribatejano... a menos que sejam extraterrestres com os seus OVNIS  e de máximos ligados, eu diria que devem ser novamente os peixes. Mas como em tudo que é condenável, também se pode mudar de atitude e tentar ver o lado positivo do problema, se é que ele existe: estão criadas as condições de base para o lançamento  de uma autoestrada ou do novo aeroporto de Lisboa, junto ao castelo de Almourol ou em Santa Margarida... já temos a iluminação para fazer aterrar os aviões durante a noite e os militares podem ajudar a fazer aqueles movimentos esquisitos com as raquetes de pingue-pongue!

   Um outro comentário que tem vindo a lume na comunicação social local, prende-se com as mutações físicas radicais observadas em algumas espécies piscícolas! Os pescadores dos avieiros relatam ter apanhado nas redes alguns exemplares com, e passo a citar: "... uma cara e um ar algo esquisitos(...)aparentando sofrimento, dificuldades de respiração. Há peixes irreconhecíveis, com formas estranhas e tamanhos descomunais, que não é possível catalogar no menú taxonómico das espécies (...) de texturas viscosas e apresentando descamação acentuada".

   Mais uma falsa questão, caros leitores, quanto a nós, só para alimentar a vampiresca imprensa sensacionalista! Pela descrição que é apresentada, os pescadores devem ter apanhado foi a Lili Caneças ou a Kim Kardashian na aula de natação, mas é! Não há nada de estranho nisso! Nem se vê qual a estranheza em capturar um sável ou uma boga viscosa ou com simples sinais de descamação. Em França, lá para os lados do Ródano, houve mergulhadores, no último verão, que disseram ter avistado microfones vermelhos no fundo de certos lagos da região. E ainda não vi ninguém a queixar-se, nem pescadores nem imprensa!

PapagaioGiló Papagaio Indiscreto.png

17 comentários

Comentar post