Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

As Medicinas Pouco Alternativas de Pyongyang

 

charge-gangan-kim-jong-un-style-cartoon.jpg

   As fábricas de supositórios parecem estar a funcionar na perfeição. Kim Jong-un, como sofre de uma espécie de febre crónica, faz questão de verificar isso mesmo, tirando a temperatura pelo menos uma vez por mês.  Vai ao local e inspeciona com os seus próprios "olhos", não suceda algum imprevisto. Estando a encomenda bem embalada e expedida, desata aos saltinhos, e a bater palmas, como se os supositórios fossem usados nele e nos seus generais! Aliás, é vê-los todos às palminhas e aos abraços!

   É difícil encontrar outro líder mundial que tenha tanta febre de dedicação ao rabo dos outros. Há poucos dias, depois das atenções com a Coreia do Sul, andou Kim Jong-un preocupado novamente com o real bujão do Imperador japonês Akihito e também do Primeiro Ministro Shinzō Abe. Pelo que, deciciu enviar-lhes, sem que os de lá  pedissem, uma nova encomenda de supositórios, com aplicação por trás das costas - dizem as más línguas que à falsa-fé! O tipo é assumidamente ateu, pelo que, faz sentido!

   Trump não tardou a manifestar-se, mostrando-se indignado com a receita e ameaçando que, se o chefe norte-coreano continuar com as suas prescrições médicas decididas sem consentimento, ele não admitirá que tais ofertas sejam feitas aos japoneses sem que ele próprio deixe de entrar na sodomia. Foi mais uma atitude polémica, mas também bonita, para nós, diga-se, de o presidente  norte-americano dar o seu corpinho ao manifesto.

   O que intriga é que Kim Jong-un continue a ignorar, por um lado, as mais recentes descobertas da medicina, como os comprimidos, as pastilhas , as injeções e os bálsamos e insista num técnica já tão primitivamente vista. Nós, por cá, temos aversão aos supositórios, nem as crianças gostam deles; por outro lado, que ignore igualmente o seu próprio povo e o deixe andar sem os tratamentos médicos de que necessita. Podia investir menos em supositórios e aplicar em outras práticas... talvez mais, até, na indústock-vector-green-parrot-cartoon-116862454.jpgstria da alimentação, por exemplo. Aquilo na Coreia do Norte tem um povo trabalhador e empenhado... precisa é que lhe deixem de ir à padaria, constantemente. De outra forma, não há condições!

Papagaio

 

 

 

14 comentários

Comentar post