Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

As Opiniões São Como as Pulgas...

Sem título.jpg

"2017 será pior que 2016 mas isso nada será comparado com o que nos espera em 2018. E por aí sucessivamente, até cairmos mortos."  - M. Esteves Cardoso

 

    E pronto,  o ano já está a começar mais animado!  Quem é que precisa de desânimo, com frases destas, como a do Miguelito? Estou até a pensar em pedir ao patrão que ponha a gaiola mais em baixo - no caso de eu cair morto, inadvertidamente, fico perto do chão e não bato com tanta força, não vá o papagaio ficar sujeito a morrer da queda!

   Quando acordei dei uma olhada nas notícias e reparei que continua tudo na mesma: dir-se-ia que em Bagdade, na Turquia e na Síria ninguém avisou as pessoas que já estamos em 2017 e que entrou o Ano Novo! Estava a preparar-me para vestir o fato que uso nas horas em que fico mais tranquilo, uma vez que iria poder continuar a minha vida sem alterações perturbadoras e eis que dou, de repente, com o texto do Esteves Cardoso!  Fiquei pior que estragado, só me apetece ficar debaixo dos lençóis! Reparei que, afinal, não está tudo na mesma - está BEM PIOR! O Miguel Esteves Cardoso decidiu ESCREVER!

    Ainda assim, não é tudo completamente mau... se algum farmacêutico ou dono de um laboratório de comprimidos leu as palavras do "Dr. Orelhas", estará a esfregar, neste momento, as mãos de contente, porque as receitas dos antidepressivos podem bem vir a aumentar. É caso para agradecer ao Miguel, que dá sinais claros de esforço imenso, na abertura do ano.

Papagaio

P.S: E o mais frustrante é que, provavelmente, ainda vamos ser obrigados a dar razão ao "Caixa D'Óculos", lá para dezembro! Merda!!Giló Papagaio Indiscreto.png

2 comentários

Comentar post