Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

As resoluções de ano ao meio!

 

papagaio, ano novo, ano ao meio.jpg

   Não sei se a sociedade das redes sociais já reparou, mas estamos a chegar ao meio do ano! Será a altura ideal para definir as "resoluções de meio do ano". E porquê?

   Primeiro, porque nos apetece!;

   Depois, também porque me apetece e ninguém mais se lembrou disto - estou, até, a pensar em pedir um registo de patente para esta ideia inovadora - poderá vir a render-me milhões como o inventor mais parvo dos arredores!;

   Ainda mais depois, porque a seguir às resoluções de ano novo, que são feitas ainda  no ano velho, coisa que não faz sentido algum, as melhores são as resoluções do ano ao meio, que se tomam após o ano novo e antes das novas resoluções de ano velho ou novo, que é lá para dezembro novamente, antes de janeiro. E como estas últimas já não vêm resolver nada, porque já é tarde demais para remediar as merdas que se foram criando ao longo do ano todo, ainda se podem depositar algumas esperanças no mês de junho(???), pelo menos finge-se que o barco ainda não foi ao fundo e que há tempo, entrementes, para lançar os botes. Perceberam? Pois,...nós também não! Mas nada neste blogue faz sentido, e não era agora que passaríamos a fazer! A única coisa que se pode explicar com lógica, por estas bandas, não o podemos explicar, ou  adesivam-nos a língua para todo o sempre e acabamos na apanha do mirtilo! Nada de referências a bombons, portanto! 

   Assim, no ano novo, escrevinhámos no bilhetinho que iríamos perder, para aí... uns quinze quilos!!!!; como em junho já temos mas é uns sete a mais, corrige-se e faz-se uma adenda a resolver que só queremos comprar uma cinta elástica da TVShop para podermos ir à praia de fininho com a t'shirt vestida; outra adenda em junho é para comprar um chapéu de sol XXXL, para nos escondermos atrás dele quando passar alguém conhecido e estivermos em bikini ou tanguinha a fazer um lanche com bolas de berlim sem creme, batata frita saloia e bolacha americana, tudo acompanhado por uma cola cheia de gás e açúcar...nham, nham!!

   Também escrevemos - possivelmente -, no bihetinho, que iríamos ganhar tom*tes para enfrentar o patrão e pedir-lhe um aumento durante o  ano; como o patrão tem andado mal disposto por causa do divórcio e a empresa anda mal, provavelmente, em maio, já tudo foi avisado de que se irá proceder a reestruturações no pessoal, lá para outubrofazemos, portanto, um adenda de meio do ano a apontar a mudança de emprego, afinal, como objetivo fundamental, a menos que alguém queira oferecer-se para lavar o carro do patrão... de borla... e consolá-lo/a à noite! Nesse caso, ainda poderá haver esperanças de uma promoçãozita!

   Deixar de fumar também ficou no papelusco de 31 de dezembro. Devido à dependência e à crise, devíamos planear melhor o momento de deixar o tabaco; por esta altura, devido ao nervosismo criado por tudo o que foi exposto, já andamos a charutos. Na resolução de meio do ano fica, apenas, um lembrete para não voltar a falar de tabaco no ano novo. Vai ser uma resolução com sucesso garantido!

   O bilhetinho de ano novo também dizia " ler mais" - não há adendas em junho para esta resolução, porque esta funciona sempre. Tirámos o autocolante da caixa do correio que dizia " Publicidade, aqui, não!!!" e temos, expectavelmente, a bancada da cozinha cheia de panfletos do Lidl e do Pingo Doce... ao que muita gente já acrescentou as sugestões aos milhões do Sapo Blogs. Pelo menos, leem-se as capas, o que é um bom início, e leva-se aquilo tudo para a praia, juntamente com os lanches das bolas de berlim e batata saloia. O peso é que se vai continuar a lixar...

   Também determinámos passar mais tempo com a família, que é um objetivo salutar e fácil de concretizar. Não há necessidade de resolução de meio do ano para este objetivo... a não ser que sejamos alguém parecido com a Luciana Abreu... aí vai ser preciso mesmo uma resolução gravíssima em junho,  - não deixará de ser só mais uma para deitar ao lixo!... - no caso da Luciana nem será tanto "passar mais tempo com a família..."; será mais: "...comprar um repelente Mafú e um avião para me por a andar para bem longe daqui e o mais depressa possível..."!

   Bilhetinho em 31 de dezembro: " Ajudar os outros... inscrever-me numa ONG!"; bilhetinho em junho: "... ajudar o Martinzinho a fazer os trabalhos de casa... às quartas-feiras... em que estiver a chover... e quando não for matemática!".

   Bilhetinho em 31 de dezembro: " Ser feliz... e... encontrar o Amor..."  - oh!, tão fofo!!!!... e generalista!!!!! bilhetinho em junho: "... passar pela garrafeira a comprar um Johnnie Walker... e atirar a garrafa vazia à cabeça/cornos do Artur/Rita..." - oh!, tão duro!!!!... e específico!!!!

Saudações de ano ao meio (bom reveillon!)

Papagaiopapagaio

  

 

   

9 comentários

Comentar post