Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

15% off first order at luvyle.com

Fins de Semana: carro elétrico ou ida ao convento?

Resultado de imagem para fim de semana cartoon

    Os chavões e frases feitas, para além de poluentes, são como a Arte Barroca: primeiro geram um AAHHH!; depois, quando aproximamos mais o nariz, verificamos que a fuselagem está cheia de defeitos e que nada daquilo faz sentido!! Quanto a nós, as frases balofas da imprensa pimpolha deviam ser fiscalizadas e pagar impostos duríssimos, por andarem a ocupar o espaço e a alma de forma inútil e estéril!

   Um dos lugares comuns mais irritantes é aquele que diz que o fim de semana serve para "recarregar baterias" e "preparar a semana de trabalho". Asneira! Primeiro, porque o fim de semana é tão curto que dá para recarregar absolutamente nada. E, depois, esta linguagem (como outras) boçalmente revisitada e estereotipada do "recarregar"...o que é que significa concretamente? Acaso somos algum veiculo elétrico? Ou temos algum arranjinho com a EDP ou a Tesla? Porventura a sociedade traz algum dínamo agarrado ao rabo? Ao fim de semana quem é que carrega qualquer bateria!? - espiritual ou física, que seja! Só se forem as celebridades, mesmo, e na boca das revistas e da internet cor de rosa!

   Ao fim de semana, que se saiba, uma fatia grossa de pessoas ainda trabalha mais que durante a semana... só em máquinas de lavar, casas de banho para limpar e camas por fazer vai o sábado e metade do domingo. Onde diabo é que se carrega a "bateria"? O máximo que se carrega é a albarda no burro!

   Uma celebridade qualquer foi para o seu monte chique, no Alentejo - e lá se encontra a "preparar a semana de trabalho" e a recarregar "baterias" - que bonito seria podermos ter um monte desses, cheio de tomadas ligadas à corrente e enfiar lá os dedos ou a língua - seria uma semana de "trabalho" loucamente frenética, logo a seguir! Estes montes e retiros devem ter algo de sobrenatural! Já estou a ver o Goucha, o Emanuel ou o Carreira a meterem a piroca no buraco do trifásico lá de casa!

   Depois, gostava que alguém elucidasse melhor, em linguagem prática e sem ideias vagas, como é que se prepara a semana de "trabalho" ao sábado ou ao domingo, efetivamente! É no forno que se prepara, com batatinhas novas? Talvez se prepare através de alguma tese de doutoramento! Ou, então, eventualmente, se prepare espiritualmente, num retiro religioso ou no recolhimento de um convento. Esta última ideia talvez já faça algum sentido. Rezamos, privadamente, ao fim de semana, assim: " ... querido Deus, venho pedir-te que afastes de mim a próxima semana de trabalho, se for possível... é que eu já não posso aturar mais o Antunes lá do escritório. E o patrão passa a vida a berrar-me!"  Ao fim de semana, poucos preparam qualquer semana de trabalho que seja, é o que nos parece!

   Mas, veja-se mais um aspeto: chega o fim de semana! Sábado e domingo! Liga-se o botão que diz Fim de Semana (deve ser um botão qualquer entre a terceira e a oitava costelas cervicais!)... está "ON"... e fica-se a carregar... todos com a padaria encostada à parede, até domingo à noite! À segunda de manhã já o botão está desligado e o bujão todo aberto... a libertar KW's de energia e a fazer troca gasosa com a depressão e a tensão nervosa!

Papagaio

  

6 comentários

Comentar post