Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

Marcelo, Maratona e Moelas: a identidade renovada!

Resultado de imagem para marcelo rebelo de sousa cartoon

   A imagem de Portugal nunca esteve tão bem promovida e cuidada como agora, mau grado a persistente crise e os equívocos sociais e políticos que se colam a nós que nem sarna; nos tempos que correm são como fogo no palhuço seco... e nós a ver a arder!

  Podemos permitir tudo, até a Dívida Pública nos píncaros do incontrolável, mas o que não se admite é o equívoco de identidade, patrocinado pelos habituais e perniciosos chavões da treta, tão amavelmente adorados, como santos apócrifos no altar, e tão desorientadores, na nossa opinião, da verdadeira realidade que somos NÓS!

   O que é que este discurso palerma quer dizer? - que ocupámos, sim senhor, apesar de certas desgraças, o lugar da medalha de prata, estamos num prestigiado "second place" mundial, posto absolutamente meritório -  e é impossível fazer melhor, tornando-se escusado tentar desfazer o "America´s First" (ainda que Trump se ande a dar ao trabalho de o conseguir!)

   E porquê, então, uma imagem hodierna tão esmerada e polida mas uma identidade nacional algo desregulada? Porque, por um lado, temos um PR que parece saber polir "sapatos" como ninguém, bem à moda antiga, que dá o exemplo de como deve ficar um vitrine a brilhar, mas, por  outro, o utilizador  (nós) do que está  na "montra" continua a achar que as frases do passado são recheadas de sentido, quando não o são!

   O Chefe de Estado promove, na sua agenda, o desporto, (corre com os putos do primeiro ciclo nos passeios da cidade e faz natação no mar de Cascais ou lá onde é!) a culinária, a empatia emocional e os valores da família, (almoça em casa do cidadão comum, com todo o despudor) as artes e a música em particular ( põe-se a ouvir os cantares nas ruas por onde passa, atrasando e entalando o protocolo e os seguranças) - mas o povo continua agarrado que nem um toxicopedendente ao cliché dos "F's": Fátima, Futebol e Fado!

   Errado! Não temos nada de "F's"... pelo menos, agora já não! Somos o país dos "M's": Marcelo, Maratona e Música (ou Moelas!,se quiserem variar.)

   Liguem no telejornal e verifiquem a agenda do Presidente, vá, para tirarem as dúvidas!

Papagaiofoto do autor

6 comentários

Comentar post