Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

O que é que a Bíblia tem com mandar um aluno prá rua?

 

   images.jpgTudo, porque é preciso preenchê-la por completo, versículos e tudo, impressos, cópias, modelos, autorizações, Giló Papagaio Indiscreto.pngofícios, procedimentos de conhecimento e reconhecimento da(s) vítima(s)... comunicações aos encarregados de educação...até o ganapo poder ir, eventualmente, para o olho da rua. Ahhh!, e não esquecer do cabeçalho!, para que não falte lá o logótipo do Prodep III, senão, volta tudo para trás e é uma Bíblia outra vez, toda ela desde o início. Quando a "missa" parece que vai a meio, o que costuma acontecer já lá para o fim da aula, ainda a Bíblia está a ser preenchida (e lida) pelo profissional de serviço - leia-se "docente". A funcionária adormeceu em pé e está a roncar, encostada à porta; as outras turmas todas, já se aperceberam do caso, gerando o espalhafato geral nas outras salas! A direção mantém-se escondida, para não ser apanhada em trabalhos - são sempre os últimos a saber. O miúdo malcriado continua a divertir-se à grande, fazendo barulho e saltando nas carteiras com os colegas de sala!

    Entrementes, a tutela vai-se congratulando pela melhoria das taxas de "bom comportamento e disciplina" no nosso sistema de ensino, facto cabal, face ao número cada vez mais reduzido de putos a serem molestados por procedimentos disciplinares oficiais.

   É público um caso recente de um(a) professor(a)da nossa praça pedagógica que, ao querer impôr a disciplina na sua aula, - e vendo-se obrigado a dar ordem de saída a um aluno que abusara largamente dos limites da conveniente decência escolar - se achou, posteriormente, confrontado(a) com um diagnóstico assustador proveniente de um quadro de liporoma medular ósseo, provocado pela exposição excessiva, nesse episódio, a um componente tóxico da celulose, tal foi a onda de burocracia a que ficou sujeito durante o momento em que tentou impor a medida do "vai pró olho da rua". 

   E  nem falar da pobre da auxiliar educativa, pessoa já de alguma idade, obrigada a levar às costas o discente para o andar de baixo, juntamente com as duzentas resmas de papel debaixo da cova do braço ( Bíblias) a preencher, na fase seguinte, pelo mediador da sala de estudo que recebeu o malcriado do puto.

   Perante este tipo de situações, a  Universidade Lusófona já veio a terreiro, voluntariando-se para prestar os seus serviços de apoio académico aos profissionais das escolas, propondo a criação de um plano de estudos de pós-graduação, que prepare estes indivíduos para uma gestão mais eficiente destes pequenos conflitos escolares.

   Tivémos acesso ao documento que formaliza o currículo, e podemos desvendar já um pouco do véu:

 

Licenciatura em Gestão da Burocracia Escolar:

1º semestre:

Didática do Impropério I ( aplicada à gestão escolar)

Técnicas de Evasão ao Impresso

História Comparada do Chamamento do Funcionário

Semiótica do Carimbo e do Preenchimento do Cabeçalho I

2º semestre: 

Pedagogia da Assinatura em Massa II

Técnicas de Socorrismo em Situação de Envio de Circulares

Didática do Aviso de Receção e Carta Registada

Modelos de Impressos I

Carregamento de Bases de Dados em Servidores Escolares

Ética e Deontologia na Colagem de Rodapés I

Giló Papagaio Indiscreto.png

Modelos de Ofícios e Autorizações (disciplina prática)

 

3º Semestre:

Prática Pedagógica ( estágio em contexto escolar, através do IEFP, e sem direito a remuneração)

 

Saudações

Papagaio