Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

Os Fantasmas Íntimos da Rainha Sílvia


princesa-pietra-doc.jpg

 

    Uma fonte segura dá nota de que a Rainha Sílvia da Suécia embirrou que o seu palácio real da ilha de Lovon, perto de Estocolmo, está assombrado por fantasmas! Eu gostava de saber o que é que há de extraordinário nisso! É claro que está assombrado por fantasmas, ó Sílvia! - se não estivesse não era um palácio ou castelo; era só uma mansão de luxo, como aquelas casas dos rappers milionários com caps a fazer publicidade à cannabis ou das cantoras famosas com Big Bubbies, cheias de bostik!!

   O que vossa alteza rainha real quer, perdoe a sinceridade, é aparecer na imprensa cor de rosa, cá para mim, junto com a sua cunhada, - a princesa mulher do príncipe e mana do rei!

   Reparemos em Buckingham: o que não falta são "fantasmas"- a rainha Isabel está velha e caquética. Numa das suas "aparições" alguém no meio da multidão gritou que viu teias de aranha debaixo das covas dos braços dela, enquanto acenava com as mãos no ar, para o público. E dizem que já tem vestígios de pó nos entrefolhos das rugas! Para além disso há a presença do trambolhíssimo Príncipe Carlos, que é uma autêntica assombração!

    O que nos choca verdadeiramente não são os fantasmas, é o facto de vossa majestade dizer que "sente" presenças invisíveis e anda a ser observada na corte sueca por pequenos fantasmas "AMIGÁVEIS"! Já vou dizendo que, cá por Portugal, andar metido com crianças sem ninguém saber dá direito a cadeia! Não tenha vossa majestade cuidadinho e ainda vai parar à pildra! Realmente, não sabemos como é aí na Suécia, se vos deixam andar a jogar às escondidas com menores! Eu não vejo isso com bons olhos, fique esclarecida vossa alteza real! Quanto às aparições no palácio nórdico, em si, não há nada de especial, como já dissemos, no nosso humilde entendimento!   

     Mas vou dar, também, o meu braço a torcer: admito que, se, em vez de papagaio, eu fosse fantasma - e estou a caminhar rapidamente para isso! - não me importava nadinha de viver num palácio real, com todas as comodidades e caprichos que um fantasma deve ter, incluindo pequenos almoços com smakakor, e chá das tias, na companhia sempre elegante da nobreza socialitê . Privar intimamente na corte sueca, como convidado da rainha, deve ter inúmeras vantagens e ser imensamente chique, para mais, estando aí os  espíritos tão bem vistos, rotulados de almas "amigáveis!" Nunca mais de lá saía! E fantasma que se preze, não assombra na Inglaterra, nem na Escócia. É na Suécia, pois então!

    A questão central está nisto: sua alteza diz que gosta de ter assombrações lá por casa, que são fantasmas amistosos... como é que a dona Sílvia sabe disso, se os fantasmas pura e simplesmente não se veem? Faz-nos espécie...!  Vossa majestade, porventura, já foi à casa de banho, hoje? Já fez a toillette?  Quando estava na sanita a fazer cocó, reparou em correntes de ar? Sentiu as tais "presenças" nalguma  parte do corpo? Talvez não sejam bem fantasmas, digo eu! Para mim, se o forem, a rainha corre riscos sérios das assombrações ganharem confianças, se esticarem e pisarem a linha! Há a hipótese de voyeurismo... sei, não! Eu não virava as costas!

   Outra: seja vossa majestade muito prudente! Olhe que os fantasmas não são sempre de confiança; há alguns que mantêm ligações de terceiro grau à comunicação social, aos paparazzi sensacionalistas e aos tablóides impostores! Vossa alteza expõe-se a ver a sua privacidade infamemente devassada! Caso organize jantares, se tiver visitas mais ou menos formais ou encontros "sociais", com pessoas aí dentro do palácio, olhe sempre por cima do ombro e veja se está alguém a mais, atrás de si, junto aos pés da cama... ou da máquina de lavar!; e logo mais à noite, se for tomar duchinho, preste muita atenção, não vá alguma alma penada segui-la de fininho, dar com a língua nos dentes e revelar à imprensa, nas primeiras páginas e em letras garrafais, que vossa alteza anda a usar roupa interior azul, com cuequinhas às riscas amarelas!

Papagaiofoto do autor

     

 

  

   

18 comentários

Comentar post