Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

Popota, a Hipopótama Capitalista!

 Resultado de imagem para popota

   Quero deixar, desde já, totalmente expresso o meu protesto, o meu repúdio e também a minha indignação, faceGiló Papagaio Indiscreto.png à atitude absolutamente fútil e venal deste ser animal. Lamentável!! Em Portugal, há uns anos, ficámos a conhecer o mau exemplo da dona Branca. Não é pelo facto de a Popota ser cor de rosa que as coisas ficam bem disfarçadas!

   Incredulamente - já nem vamos falar do facto de estar cada vez mais gorda e velha! - continuamos por força do "sistema" a vê-la nas suas  idas às compras e a cantar enquanto corre às prateleiras do(s) supermercado(s) com os dois dentes que a Providência lhe deu. Há tantos anos que faz isto, que eu até julgava que os dentes já lhe tinham caido! Agrava a incidência de ter a mania de chegar em novembro....outubro... setembro.... a promover os presentes de Natal. O que é, no mínimo, esquisito!... de ano para ano chega cada vez mais cedo - das duas uma: ou deve gostar muito de massacrar crianças com requinte, enganando-as (e aos pais), ou, então,a  Popota deve andar com irregularidades menstruais! Dar-se-á o caso de não saber bem a quantas anda?

   Para quando, então, uma Popota a incentivar o culto da proximidade, do convívio salutar, da cordialidade, da amizade, do jogo, da partilha, por que não vê-la a mandar as nossas crianças, mesmo, a ir à missa? ( isso é que era de estalo!) - eu até nem sou assim tão religioso!, mas julgo que lhe ficava melhor promover um pouquito mais a introspeção pessoal e a  análise interior. Os gaiatos sempre podiam ouvir coisas mais construtivas na igreja, fosse esta de que "partido" fosse!

   Afinal, o que é que andamos todos cá a fazer? Nascemos para andar escondidos a toda a hora atrás das prateleiras? Não me interpretem mal, até acho que as prateleiras ficam bonitas com todos aqueles papeles coloridos e caixas de todo o tipo e tamanho, com laços a chamarem a atenção gulosa. Mas...seca do catano! Eu acho que os embrulhos não enchem!

   Ou para quando uma Popota a lembrar-nos para se aproveitar o domingo (ou outro dia qualquer da semana, também pode ser!!!!) como o dia da família? Uns jantares em grupo, umas conversas bem dispostas entre amigos,com umas cervejas à mistura, ou sumos de laranja!, umas idas ao parque infantil, ao jardim, mandar uns chochos na(o) namorada(o), lá no banco escondido do canto...atrás da árvore. Sei lá! Eu quero dizer que, na minha ideia meio parva,  por exemplo, dar um chocho no meio do corredor de um hipermercado, escondidos entre o frigorífico dos iogurtes e as prateleiras do papel higiénico, não deve ser tão intenso e romântico como rodeado num dia solarengo por um plátano cheio de pardais a pipilar e de velhotes de bengala a passear ou a jogar às cartas!

Giló Papagaio Indiscreto.png

   Será, efetivamente, que a Popota terá, escondida, qualquer segunda ordem de intenções? Eu não quero parecer preconceituoso, nem levantar falsos juízos, mas as famílias de onde aquela fulana vem... não sei não! Há qualquer coisa que não bate... 

Saudações...

Papagaio

6 comentários

Comentar post