Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

Review: Guia das Sanitas e Mictórios de Portugal

sanitas-limpeza-review-papagaio.jpg

Depois dos automóveis, as sanitas:

Método de avaliação:

Os pontos que são objeto de avaliação ( alto patrocínio da página www.cagadeiras.wordpress.com): 
- Aspeto visual 
- Limpeza ou falta dela 
- Mijatório (ou falta dele)
- Cagatório (que outro nome é que se há-de arranjar para não ferir aquelas almas mas sensíveis?) 
- Lavatório 
- Secador de mãos ( ou papel, se for o caso!)

 

 

Pavilhão de Portugal

Aspeto visual é aceitável - quem entra julga que é uma nave espacial, em vez de uma casa de banho - uma vez, o Richard Branson tentou entrar e saiu desiludido!
Materiais sóbrios e com aspeto cuidado.
Limpeza - às vezes! Outras vezes: NÃO! Temos ouvido falar! Não tinha muito lixo visível, mas também não tinha muita limpeza visível;  notava-se que era limpa com regularidade, mas o piaçá castanho deveria ser reconsiderado como forma de conservar a sepsis visual e real!
Fui lá duas vezes - a primeira cheirava a rosas, à segunda já tinha beatas de cigarro no chão, papéis espalhados e poemas brejeiros nas portas. Mas ao menos nada de bigode nas sanitas.
Mijatório: maravilhoso, até dá vontade de fazer xixi, sobretudo quando o saco está cheio e não há mais lugar onde aliviar o stress. Tinha dois aspetos menos bem pensados: não havia separação entre os mijatórios e tinha que se pressionar um manípulo para abrir a água, o que faz com que se toque na pila alheia para fazer o próprio xixi e que alguém nos masturbe para fazer o xixi do outro. Será a isto que se chama altruísmo?...
Cagatório: muito claustrofóbico, apenas com umas frinchas pequenas mas a alturas seguras para sermos espiados por tarados sexuais. O cheiro dissipa-se com facilidade, uma vez que pode sair para os lados. Tinha uma coisa chata - o tampo  era muito pequeno e não dava para colocar papel protetor antivírus na padaria, pelo que era necessário estar a segurar o piri-piri para trás para que este não tocasse na loiça de sanita à frente. Ora, isto implica uma proximidade muito grande entre o pénis e o esfíncter, o que pode gerar relações indesejadas.
Lavatório: tinha sabonete "Feno de Portugal", ou não fosse aquela a catedral nacional dos servicinhos. Infelizmente a água requeria que se carregasse  novamente no manípulo, o que pode gerar infeções, mas ao menos a pressão da água era ideal, uma vez que não chegou a atingir a bundinha da menina! Nem deixou de limpar.
Secador de mãos: papel e não digas que vais daqui! Normalmente damos nota mais alta aos que têm secador, mas os papéis estavam rotulados de "reciclável", pelo que não sei se esta não será uma boa alternativa, pela ecologia gerada.

 Na nossa próxima edição, o nosso focus irá incidir sobre outros dois locus ( esperemos que não sejam horribilis!):

5 comentários

Comentar post