Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Giló - O Papagaio Indiscreto

Theresa May e o Bobó II

 

theresa may papagaio.jpg

 

  Theresa May parece um guarda-redes frangueiro, daqueles mesmo muito fraquinhos, que deixam passar as bolas todas por baixo das mãos, quando o lance já parece dominado e o público olha descansadamente para o fundo do saco das pevides e dos tremoços! Os ingleses, sem Governo ou com Theresa May, sofrem exatamente do mesmo problema: orfandade!

   O fantoche do Brexit  - convencido que tem de manter a postura e apresentar figura política = fazer corpo presente! - coloca-se sistematicamente, nos píncaros dos pés, a disparar frases sem qualquer tipo de substância nem interesse e a fazer declarações mais inócuas que um placebo.

   A última foi: " ...este ataque (o de Londres) foi um ataque a Londres, ao Reino Unido e ao mundo democrático...". Para nosso descanso, ainda bem que a madame explicou isto tão bem explicadinho, não fosse dar-se o caso de alguém não ter percebido e ficar a julgar que o ataque tinha sido cometido em Vénus ou Marte! Já no que diz respeito ao "mundo democrático", também ficamos satisfeitos pelo elucidário, uma vez que está tudo verbalizado de maneira tão escorreita, pela primeira ministra, que facilmente se depreende que os terroristas não atacaram os Estados Unidos!

   Já quando foi o ataque de Manchester, May explicou que o ataque tinha sido a Manchester, aos ingleses e à democracia. Conclusão: ficaram de fora a Venda da Porca, os Alentejanos e o presidente Putin...pelo menos!

   Da mesma forma, os familiares e amigos das vítimas do extremismo, aqueles que pagam as contas do hospital e choram os entes queridos nos velórios, sentem-se bastante mais reconfortados.  A primeira ministra dá-lhes esse conforto politicamente correto e recorda-lhes que é preciso ir também ao funeral da democracia, prestar as devidas homenagens à vítima popular. É com cada balázio que a senhora manda aos microfones, que a democracia, qualquer dia, também acaba mesmo por morrer...de tédio!

  Alguém que chame a atenção desta senhora e lhe diga que é preciso tomar mais algumas medidas, para além de vir fazer os tais "bobós" ao microfone, placebos tão cheios de nada! Por exemplo, podia começar por reforçar o patrulhamento policial, tornar as forças de segurança mais visíveis, convocar as forças armadas para serviços extraordinários, controlar melhor as fronteiras, mandar acordar a malta dos aeroportos... não somos governantes nem ingleses - não nos cabe!

    Brexit com a Srª May, já! Pior, só com o Sr. D.D.Trump!

Papagaiopapagaio

2 comentários

Comentar post