Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Giló - O Papagaio Indiscreto

#Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog #

Hotel Manta Resort com Quartos Subaquáticos, em Pemba Island - Zanzibar

 Resultado de imagem para turismo cartoon

    Porque eu gosto de ser do contra e só ouço 1.jpgfalar em frio, neve, cobertores no sofá ao fim de semana e prendas de natal à lareira, convido-vos, desesperadamente, e de forma provocadora, a tremer menos e a procurarem outras paragens, para que essa “doença” do frio acabe de vez!

   Se alguém já sonhou em dormir debaixo do mar, à la The Little Mermaid, pode ver os seus sonhos tornarem-se realidade nas novas salas submarinas do Manta Resort. Ao visitar o Manta Resort, encontra um novo refúgio em Zanzibar, uma vez que pode realmente ficar longe da civilização e do bulício opressor que esta implica. As instalações não são, apenas, cómodas e relaxantes; há algo de diferente que torna este empreendimento um pouco raro no mundo: a exclusividade de permanecer a  largas centenas de metros offshore  e em  quartos submersos  de um hotel completamente flutuante. A vista submarina é completamente virgem, diferentemente de outros hoteis que oferecem vista submarina, normalmente "fabricada". Trata-se de um local em que é possível tomar um champanhe, uma refeição preparada com produtos locais, dormir um belo sono ou pedir um qualquer outro serviço de quartos, totalmente rodeado das mais variadas espécies submarinas locais - num cenário arrebatador, em pleno Oceano Índico.4.jpg

      A sala subaquática é exatamente o que parece. A pequena ilha flutuante apresenta vários níveis de acomodação: do serviço para turistas endinheirados até ao nível de serviço para turistas, também eles, muito endinheirados. Ao nível da água, há espaço para descansar, tomar o pequeno almoço, jantar, num deck solarengo que pode fazer as delícias dos que adoram os grandes bronzeados; e ainda melhor: stargazing à noite, para os românticos mais românticos.

 

Vista2.jpgs Interiores  – hotel3.jpg

  Esta experiência não sai barata, como já referido. Começa no serviço base, por cerca de 1.500 dólares por noite. Também vem incluída, neste pacote, a compra de acesso total ao restante do resort , em terra. A localização exótica também é ótima para mergulho, bem como safaris. Para além da conta, o mais difíl estará, mais tarde, no partir. De facto, será difíl esquecer um local aprazível como este!

   O Manta Resort está localizado na Ilha de Pemba, parte do arquipélago de Zanzibar, ao largo da costa da África Oriental. O recurso mais recente do resort permite, efetivamente, aos hóspedes, reservar uma ilha flutuante privada, parte da qual está submersa a cerca de 13 metros abaixo do nível do Oceano Índico. Os quartos possuem muitas janelas, e de grande dimensão,  para que os hóspedes possam assistir aos espetáculos dados pela fauna submarina local. Ali, é esquecer os vizinhos ruidosos: na sala subaquática de Manta, são só os hóspedes e os peixes, porque o verdadeiro fascínio é subaquático . De todos os lados, as luzes - à noite - fornecem a iluminação necessária, para que o espetáculo continue; é possível olhar para o Oceano Índico e ver um pouco de tudo, desde peixes - trompete até ao polvo flutuante.5.jpg Acima da água, - caso se sinta observado por alguma alforreca mais indiscreta, - pode-se subir dois andares adicionais, que proporcionam uma atmosfera mais arejada, incluindo um terraço perfeito para tomar sol de dia e o tal stargazing noturno.

Para aqueles que procuram uma estadia mais tradicional, o Manta Resort também oferece deslumbrantes villas à beira-mar e bungalows com jardim, como referido anteriormente . Esta experiência radical, na natureza, tem atraído viajantes que procuram um tipo diferente de férias, nos últimos anos.Giló Papagaio Indiscreto.png6.jpg

Contributo (mas pouco) para a Onomástica e Toponímia Portuguesa

   Resultado de imagem para colhões portugal

   Não fui eu que inventei! A questão está exatamente aí... mas quem foi que se lembrou de imaginar algumas destas preciosidades? Peço, desde já, as minhas desculpas, sobretudo aos residentes, que não devem achar graça, mas que, por isso mesmo, por serem residentes, também não devem encontrar estranheza nem motivo para o insulto à minha pessoa, perdão, ave! Também, se quiserem insultar, estejam à vontade, que eu farei o favor de vos "sacudir" deste blogue para fora... ai isso é certinho! Também é um direito que me assiste!

   De qualquer forma, nem tudo o que se segue é mau. Há casos divertidos, tristes, curiosos, estranhosescandalosos, convites à reflexão... e muito mais! Já avisei mil vezes que isto é um blogue, que deve ser entendido como tal e que... QUEM MANDA AQUI SOU EU! E eu, hoje, decidi que o tema seria este.

   Diverti-vos, estranhai, chocai-vos, ficai indiferentes ou façam outra coisa que seja ao vosso gosto, afinal, estamos num país livre (acho eu!):

   Venda da Porca; MamarrosaPalhaça; Ancas; Vila Nova do Coito; Vale das Ratas; Aliviada; Traseiros; Angústias; Bagaceira; Venda das Pulgas; Focinho de Cão ( ao pé de Venda das Pulgas!); Catraia do Buraco; Purgatório; Picha; Carne Assada; Degolados; Cabrões; Endiabrada; Esgaravatadouro; Deserto (a sul de Lisboa!); Campa do Preto; São Lourenço de Mamporcão; Venda da Gaita; Vale dos Mortos; Paitorto; Pedaço Mau; Punhete; Quinta da Comichão; Rio Seco dos Marmelos; Cemitério (ainda falta o tal post!); Jerusalém do Romeu; Hospícios; Crucifixo (fica junto ao Cemitério!); Colo da Pita; Coito; Chiqueiro; Cama Porca (eu sei que custa a acreditar, mas é verdade!); Às Dez; Rego do Azar ( que azar! Não tinham mais nome nenhum? Há uma coisa chamada "Dicionário!");  Monte dos Tesos; Deixa o Resto; Nariz; Boidobra; Chão do Sapo.... e muitos outros, que eu já não tenho paciência!

Atentamente!Giló Papagaio Indiscreto.png

Papagaio