Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Giló - O Papagaio Indiscreto

Aqui no Papagaio e no Sapo Blogs outra vez? Pá! Vão à praia, façam amor com a(o) namorada(o)... evitem é perder o vosso precioso tempo neste botequim! Podiam, pelo menos, ter o bom gosto de escolher outro blog Papagaio

Domingo-feira é dia do senhor...

domingo a fechar a porta e encerrar o papagaio fem

   Infelizmente, desde o último post, o blogue do Pap começou a ser mais concorrido. Nem sei bem por quê! Mas sei que isso significa que os meus objetivos não estão a ser, de todo, cumpridos; e isto por mais que eu tenha atingido o mérito de conseguir fazer com que a maior parte dos e das feministas ténues se tivessem posto a andar aqui do blogue para fora, de há uns dias para cá. A vida até nem me estava a correr assim tão bem, mas esse ameaço de sucesso não planificado estava a milhas dos meus cálculos e sujeita-me a ficar, agora, definitivamente na m*rdinha! Valha-me Deus!

   Lamentavelmente, para mim, a pretensa defesa dos direitos democráticos da mulher e os seus fiéis exércitos terão passado a odiar-me, por certo. Não duvidemos! Desde a última posta de pescada que aqui levaram! Se me virem na rua, são capazes de me agredir ou mesmo tirar-me a vida. O que não evitará, ainda assim, - permitam-me a dedução nefasta - que eu me transforme numa estrela impante da blogosfera nacional; e isto tudo deixa-me imensamente deprimido e desgostoso. Não que eu tenha medo de ser agredido na rua ou de morrer às mãos de uma multidão furiosa, composta de mulheres e homens sensíveis e compreensivos. Não! A ideia de passar a ser uma fabulosa celebridade é que me deixa que nem posso...faço xixi nas calças , só de pensar! Antes o tronco...

   Do lado oposto a este triste estado de coisas, e talvez para me animar, alguém me escreveu a informar que me arrisco, um destes dias, por causa da minha má língua, a ver, e passo a citar: "o blogue do Pap encerrado... e, até, fechado!". Eu agradeço o estímulo e o ânimo destes leitores preocupados comigo e com o meu blogue, mas há anos que ando a tentar que me expulsem daqui para fora e me fechem a porta...e a verdade é que não consigo! Deve haver um defeito qualquer na plataforma que não permite que encontrem o passaroco para lhe darem uma guia de marcha. Talvez arranjando um novo algoritmo... ou pedindo ajuda a Deus...

   Enquanto esse dia não chega, vou ficando para aqui a pensar - tal qual o Conde de Monte Cristo, que tinha muito tempo livre para pensar e fazer riscos na parede do cárcere - em como me atirar, talvez,  e da próxima, aos machistas...ou às meninas que não identificam a LITERATURA a um palmo, sobretudo a de qualidade, mas que adoram LIVROS e CELULOSE... pode ser que alguém se irrite e me feche a porta. O pior é se o post vira um sucesso: aí é que estou mesmo f*dido de todo!

Pap...papagaio

10 comentários

Comentar post